BUSINESS

TRANSFORMATION

Não somos uma agência de comunicação, de branding

ou de inovação. Somos uma agência de transformação.

Nós ajudamos nossos clientes a transformar seus

objetivos de negócio em algo novo capaz de criar

histórias compartilhadas.

STARTUP THINKING

Processos utilizados em startups adaptados para criar soluções inovadoras de comunicação. Ideathons nascem dos hackathons. Product prototypes dão origem a protótipos de campanha. Processo enxuto que diminui o time to market.
TECHNOLOGY SPEED

A velocidade da tecnologia determina a necessidade de mudança nos negócios. Manter-se no jogo significa entender como a tecnologia pode mudar produtos, serviços e comunicação de forma a criar novos vínculos e recorrência de consumo.
SCIENTIFIC METHOD

Abordagens estatísticas apresentam uma foto desatualizada da realidade. O método científico parte de uma hipótese e já pressupõem uma nova realidade, facilitando o encontro entre a nova proposta da marca e os desejos das pessoas.

ADVERTISING

AS A SERVICE

Planejar comunicação como parte do pacote

de serviços oferecido aos consumidores.

Que, como todo serviço, precisa gerar retorno,

com métricas claras e, principalmente, com

compromisso de sobrevivência e preservação.

VALUE DELIVERY

As fronteiras entre produto e comunicação desapareceram. Tudo faz parte da mesma entrega e, por isso, devem ser pensados juntos desde o início. Só assim é possível conectar as ações de marca aos objetivos de negócio.
THE NEW DIGITAL

Enxergar o digital não como mídia, mas como canal de distribuição. Sai o foco na redução de custo e entra a ideia de rentabilização do canal e de novos formatos de modelização dos ativos intangíveis.
RESPONSIVE ATTITUDE

Pessoas podem se comportar como mídia. Pessoas fazem buscas. Não esperam que a marca os atinja. Marcas precisam ouvir e responder. Rapidamente. Morre quem se fecha em seu próprio mundo.

HISTÓRIAS

COMPARTILHADAS

Para participar da vida das pessoas é preciso

entendê-las. E se as pessoas mudam, a forma como

a marca se relaciona com elas também deve mudar.

Continuidade exige transformação.

COLLABORATIVE PLANNING

Agências, cliente e consumidores em ciclos iterativos de planejamento. Ideias pré-concebidas dão lugar a conhecimento acumulado que vê a relação entre marcas e pessoas como um processo contínuo.
SHARED VALUE

A mentalidade baseada na maior geração de receita no menor número de interações dá lugar a um pensamento de criação de valor a todos os envolvidos com o negócio, em ciclos contínuos de interação.
CUSTOMER DEVELOPMENT

O consumidor não está no centro da estratégia, mas a estratégia é construída a partir dele. Produtos, serviços e comunicação não são mais feitos para, mas com o consumidor.


Back to Top